Com diretores e chefes acima de 60 anos em teletrabalho, Secretaria de Justiça designa jovens para atuar no combate ao coronavírus
31/03/2020 - 15:54

Com diretores e chefes de departamentos acima de 60 anos atuando em teletrabalho, em cumprimento ao decreto nº 4230/2020, assinado pelo governador Ratinho Junior, o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, instituiu, a partir desta terça-feira (31), medidas e ações para a efetiva gestão, organização e operacionalização das atividades da pasta. “Numa conjugação de esforços, tendo em vista a crescente demanda de emergencias que exigem disponibilidade de pessoal e trabalho presencial, estamos designando servidores mais jovens para ocupar interinamente algumas áreas de chefia e assessoramento, em substituição aos titulares, enquanto durar o estado de emergência”, explicou o secretário.

Devido à pandemia de coronavirus, estão dispensados, sem prejuízo da remuneração, todos os servidores públicos acima de sessenta anos de idade, ou com doenças crônicas, problemas respiratórios, gestantes e lactantes e os que apresentarem quaisquer dos sintomas do COVID-19, devendo desempenhar suas funções em regime de teletrabalho.

 Confira os nomes dos interinos:

  • Diretoria Geral - Ederson Colaço
  • Chefia de Gabinete - Alexandre Davi de Lara
  • Departamento de Justiça, Cidadania e Trabalho e Departamento de Promoção e Defesa dos Direitos Fundamentais – Paulo Sérgio Sena
  • Departamento de Trabalho e Estímulo à Geração de Renda – Suelen Rodrigues dos Santos
  • Departamento de Atendimento Socioeducacional – Amilton Antônio de Oliveira
  • Coordenação dos Escritórios Regionais – Isael Pastuch Junior
  • Coordenação da Política da Pessoa Idosa – Adriana Santos de Oliveira