Justiça, Trabalho e Direitos Humanos

29/10/2015

Prática do karatê motiva as adolescentes do Cense Joana Richa

As aulas do projeto Karatê no Cense motivam muito os adolescentes das unidades de socioeducação, da Secretaria Estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. O entusiasmo pode ser constatado, principalmente, no evento de troca de faixa, que acontece todo ano para os que apresentam bom rendimento técnico e, também, para a participação em campeonatos regionais.

Nesta quinta-feira (29), o evento foi realizado na unidade feminina Cense Joana Richa, localizada no bairro Vista Alegre, em Curitiba. Das 38 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, 16 participaram da troca de faixas.

A diretora da unidade, Célia Braga Figueiredo Fayzano, afirma que, além de mudar a forma como as adolescentes se relacionam, a atividade é importante para ressocialização. “A filosofia que esse esporte oferece é muito importante para quem cumpre medidas socioeducativas. Todo esse trabalho é para ajudar na recuperação dessas adolescentes, para que tenham lá fora uma vida diferente da que tinham quando entraram aqui”.

PESSOAL E SOCIAL - As adolescentes treinam duas vezes por semana. Segundo o professor de Karatê Gabriel Carollo, a atividade contribui para o desenvolvimento pessoal e social. “Esse esporte tem uma base filosófica muito aprofundada no respeito e na disciplina. O que é ensinado aqui no Cense para essas adolescentes serve como um aprendizado para vida”.

A adolescente P.F.L.G, de 18 anos, que trocou da faixa amarela para a vermelha, ressaltou que participar desse projeto, mudou muito suas atitudes e seu modo de pensar. “Vejo uma melhora na minha vivência aqui dentro da unidade e com isso comecei a ter um controle maior de minhas atitudes, mudando meu modo de viver”, disse ela.

Já a adolescente G.C.A , de 17 anos, que teve sua faixa trocada da azul para amarela, comentou que sentiu muita diferença em seu comportamento durante o período de 1 ano e 4 meses que se encontra no Cense. “Aprendi com o tempo que estou aqui e com as aulas de Karatê a ter respeito ao próximo, ter lealdade e disciplina acima de tudo. Já participei de dois campeonatos regionais. Sendo que em um deles eu fiquei com o segundo lugar e no outro fui a terceira colocada”.

O PROJETO – O Karatê no Cense visa oportunizar adolescentes em conflitos com a lei, que se encontram nas unidades dos Censes a participarem de ações socioeducativas, através de atividades esportivas, com base ético-filosófica e técnica do karatê tradicional, estimulando, assim, o seu desenvolvimento de forma integral.

Proposta pela Associação Educacional de Desenvolvimento Humano e Social, o projeto visa desenvolver e alcançar os objetivos do Karate-Do, que podem ser resumidos nos seus cinco lemas: esforço para a formação de um caráter saudável; fidelidade para com o verdadeiro caminho da razão; desenvolver a persistência e o esforço; respeito acima de tudo e, por fim, conter o espírito de agressão destrutivo.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.