Justiça, Trabalho e Direitos Humanos

10/08/2016

Adolescentes trocam de faixa no Projeto Karatê no Cense

Nesta semana, adolescentes que participam do Projeto Karatê no Cense tiveram a oportunidade de trocar de faixa. O projeto é desenvolvido em todas as unidades socioeducativas do estado e contribui no processo de ressocialização.

Na Casa de Semiliberdade de Ponta Grossa, quatro adolescentes saíram da faixa branca para azul e um adolescente foi da faixa vermelha para faixa laranja.

“É uma atividade que leva os adolescentes ao contato com uma filosofia que apresenta novos objetivos de vida, disciplina e ética”, revela o diretor da unidade, Saulo Alessandro Lopes.

Em Maringá, 21 adolescentes participaram do exame de faixa. Segundo o diretor da unidade, Anderson Fernandes, o projeto vem apresentando bons resultados com os adolescentes. “O Karatê com seu código de ética, virtudes e valores oferece aos adolescentes a oportunidade de ter esses valores sempre presentes em sua vida, fazendo com que eles tenham influência positiva perante os demais”.

O Karatê no Cense tem o objetivo de dar aos adolescentes em conflitos com a lei - que estão nas unidades socioeducativas do Paraná – a oportunidade de participar de atividades esportivas, com base ético-filosófica e técnica do karatê tradicional, estimulando seu desenvolvimento de forma integral.

Ponta Grossa - Estiveram presentes alguns familiares de adolescentes, a promotora pública da Vara de Infância e Juventude de Ponta Grossa Vanessa Harmuch Perez Erlich, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, Francisco Kapfenberger Filho e funcionários da Unidade.

Maringá - Estiveram presentes prestigiando o exame de faixa dos adolescentes o professor Expedito Borges; o coordenador da ADDES, Guilherme Antônio Carolo; a Equipe Técnica do CENSE, professores e educadores sociais.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.