Justiça, Trabalho e Direitos Humanos

08/06/2018

Seju participa da Semana Jurídica do TCE

A Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos (Seju) esteve presente na 1ª Semana Jurídica, realizada pelo Tribunal de Contas do Paraná.
Rafael Slugek da Silveira, Chefe de Gabinete da Seju, representou o secretário Elias Gandour Thomé durante a palestra da conselheira Maria Tereza Uile Gomes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nesta sexta-feira, 8 de junho.

Durante o evento, Maria Tereza falou sobre o Documento Nacional de Identificação (DNI) que deve ser um instrumento de cidadania e combate à corrupção. 
Além da conselheira do CNJ, a analista de Business Intelligence da Companhia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) Cristina Viomar proferiu palestra sobre o trabalho desenvolvido sobre referências cruzadas no cadastro único (CadÚnico) de programas sociais.

Os participantes do evento tiveram a oportunidade de acessar o aplicativo e emitir ali mesmo o seu DNI, no auditório do TCE-PR, com o auxílio de um servidor que atuou como um posto de atendimento.
““Sem dúvida o DNI é um relevante avanço de grande impacto no exercício da cidadania. Possibilitando em uma única ferramenta, não só a união de diversos documentos, mas a facilidade para o consumo de diversos serviços prestados a população”, avaliou o Chefe de Gabinete, Rafael Slugek da Silveira.
Garantia de Direitos Humanos

A conselheira do CNJ destacou que o projeto do Comitê de Identificação Civil Nacional do órgão é desenvolvido por meio da parceria entre os poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, com a utilização da base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que conta com a maior base biométrica nacional.
O secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Elias Gandour Thomé acredita que o Documento Nacional de Identidade vai ajudar a construir uma sociedade mais justa. “Identificar os brasileiros de maneira global e mais assertiva é também uma ferramenta importantíssima na promoção da justiça social”, avaliou o secretário. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.