Paraná é o primeiro a receber curso de capacitação sobre a Escola do Trabalhador 4.0
03/11/2022 - 15:51

Começou nesta quinta-feira (3), em Curitiba, o Curso de Capacitação para Trabalhadores, que oferta treinamento aos profissionais da Rede Sistema Nacional de Emprego (Sine) para o uso da plataforma Escola do Trabalhador 4.0. A iniciativa é uma parceria do Ministério de Trabalho e Previdência, Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), e a Microsoft.

O curso é a experiência piloto no Brasil e, na primeira fase, que vai até esta sexta-feira (4). Serão capacitados 32 técnicos do Departamento de Trabalho da Sejuf e dos 22 escritórios regionais da Secretaria. Esses agentes serão multiplicadores, responsáveis por levar o conteúdo para toda a rede Sine do Paraná: 216 Agências do Trabalhador e 183 Postos Avançados. 

“A Escola do Trabalhador 4.0 é uma plataforma de cursos online totalmente gratuita, com conteúdos voltados para a área de tecnologia e inovação”, explicou a chefe do Departamento de Trabalho da Sejuf, Suelen Glinski. De acordo com informações do governo federal, serão 5,5 milhões de vagas em 134 cursos online e gratuitos na área de tecnologia da informação, produtividade e finanças.

“O Paraná foi escolhido para o curso piloto por ter a rede Sine mais atuante no Brasil, líder no ranking de intermediação de mão de obra. Esse reconhecimento se dá pelo ótimo resultado de nossas ações, como o programa Emprega Mais Paraná, os mutirões de empregabilidade setorizados e os nossos programas de qualificação profissional, como o Recomeça Paraná e as Carretas do Conhecimento”, disse o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Rogério Carboni.

FERRAMENTAS – Além da plataforma Escola do Trabalhador 4.0, fazem parte do curso as novas ferramentas atualizadas dos sistemas utilizados pela rede Sine em todo o Brasil, como o Teste de Carreira, Intermediação de Mão de Obra, Seguro-Desemprego, além do novo Power BI (ferramenta de análise de dados), com painéis de informação sobre o mercado de trabalho em tempo real.

Suelen Glinski explica que a melhoria dos sistemas da rede Sine é uma demanda apresentada pelo Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Trabalho (Fonset). “Tínhamos uma grande deficiência nesses sistemas, que são os mesmos há muitos anos, gerando atraso no atendimento. Essa atualização irá melhorar muito o trabalho realizado nas Agências do Trabalhador”, destacou. Ela ocupa a vice-presidência do Fonset, representando os Estados da região Sul.