Programas do Paraná na área de aprendizagem são apresentados a entidades formadoras
23/06/2022 - 18:14

O Governo do Estado apresentou nesta terça-feira (21) para o diretor institucional da Fundação Roberto Marinho, Marcelo Bentes, e diversas entidades formadoras, os programas do Paraná na área de aprendizagem. Na visita à Secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), os principais destaques foram o Cartão Futuro e o Programa Estadual de Aprendizagem.

“Hoje no Brasil temos um potencial de 950 mil jovens aprendizes e pouco menos de 450 mil contratados. Há uma demanda muito grande por parte da juventude, e acho que toda iniciativa no sentido de potencializar esse atendimento deve ser bem conhecida e difundida”, destacou Marcelo Bentes.

“Nossa intenção é conhecer um pouco mais desses programas, apoiar e também difundir essa iniciativa para outras regiões e entes no Brasil para que possa ser conhecida e, eventualmente, até replicada”, afirmou o diretor da Fundação Roberto Marinho.

“Fico contente com o reconhecimento da Fundação Roberto Marinho sobre os programas de sucesso do Governo Carlos Massa Ratinho Júnior, que estimulam a geração de oportunidades através do apoio ao setor produtivo”, destacou o secretário Rogério Carboni.

CARTÃO FUTURO – Pelo programa Cartão Futuro, administrado pela Sejuf, são repassados R$ 300 por mês para as empresas participantes para cada jovem contratado, e R$ 450 se for pessoa com deficiência ou egressa do sistema socioeducacional.

É voltado exclusivamente para membros de famílias com renda mensal per capita de até meio salário mínimo – incluídos nesta média eventuais auxílios econômicos de programas similares – e cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico).

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM – O Programa Estadual de Aprendizagem, que contribuiu para a reinserção de adolescentes em conflito com a lei, terá o dobro do alcance neste ano, passando de 350 para 700 o número de jovens atendidos. Além dos recursos do Fundo Estadual para a Infância e Adolescência (FIA), o programa contará com financiamento pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$ 8 milhões. Após a assinatura do contrato, será divulgado o edital de seleção das entidades parceiras.

A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Sejuf, executada em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE-PR), com a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) e a Guarda Mirim de Foz do Iguaçu.

PRESENÇAS – Participaram da visita representantes do Fórum Estadual de Aprendizagem, do Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE-PR), do Ministério Público do Trabalho do Paraná (MPT-PR) e de diversas entidades formadoras: Associação Beneficente Curitibana (ABC Vida), Associação de Educação Familiar e Social do Paraná (AEFSPR), Instituto Elo, Instituto Gerar, Instituto Lins de Vasconcellos, e Universidade Livre para a Eficiência Humana (Unilehu).

GALERIA DE IMAGENS