Direitos da Juventude

Direitos da Juventude

 

A Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude foi criada em 2013, inicialmente como uma assessoria especial da casa civil. Em 2019, com a reforma administrativa do Governo do Estado esta assessoria foi transferida para a nova Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho – SEJUF, quando foi instituída a atual nomenclatura e elevação do status de assessoria especial para Coordenação Estadual.

Seu objetivo é articular e garantir o desenvolvimento de projetos e políticas públicas direcionadas aos jovens paranaenses de 15 a 29 anos, de acordo com o Estatuto da Juventude (Lei 12.852, 05.08.2013).

A principal missão desta coordenação é levar aos jovens de todo o Estado o máximo possível de informações sobre os serviços que o Poder Público presta à população, desde benefícios até cursos e linhas de financiamento estudantil, sempre prezando pela qualificação dos jovens paranaenses para que possam ocupar cada vez melhores postos no mercado de trabalho.

Como missão secundária, mas não menos importante, temos o compromisso de despertar na juventude paranaense o desejo de participação da vida política, não no sentido de política partidária, mas sim da política administrativa dos nossos governantes.

Para isso, buscamos sempre priorizar comunidades que não detenham tanto poder de informação, bem como aquelas que possuam maior índice de vulnerabilidade social.

 

Plano Estadual da Juventude

  • Elaborar e propor a Política Estadual da Juventude, em conformidade com a Política Nacional de Juventude, bem como realizar as ações necessárias à sua implantação, acompanhamento e avaliação;
  • Interagir com todos os órgãos do Governo do Estado do Paraná para integrar as políticas públicas para a juventude, de modo a conferir maior eficácia e visibilidade às ações governamentais voltadas para a população jovem do Estado do Paraná;
  • Atuar junto a órgãos e entidades federais, estaduais, municipais, internacionais e do terceiro setor, com objetivo principal de promover a intersetorialidade das ações voltadas para o jovem e para o protagonismo juvenil;
  • Promover ações que visem estimular o desenvolvimento do associativismo e do voluntariado jovem, bem como apoiar a relação do Estado com segmentos da juventude como associações juvenis e entidades equiparadas;
  • Fomentar a cultura do empreendedorismo jovem, em articulação com as demais esferas de governo e com a sociedade civil;
  • Incentivar e promover ações de capacitação e desenvolvimento do jovem, em perspectiva individual e coletiva, que estimulem o surgimento de lideranças jovens em diversos segmentos, como o político, o educacional, o artístico e o esportivo;
  • Estimular o acesso de jovens a bens públicos, equipamentos esportivos, educacionais e culturais e às atividades que favoreçam o desenvolvimento e a utilização de aptidões profissionais e sociais, a fim de contribuir para a construção da consciência e de uma atitude cidadã pelo jovem;
  • Promover e incentivar a realização de estudos, debates, conferências e pesquisas sobre a realidade e situação do jovem paranaense, a fim de contribuir para a elaboração de propostas de políticas públicas que visem assegurar e ampliar os direitos da juventude.

Descrição do Projeto:

Estamos programando um calendário de visitas aos municípios para apresentar os nossos projetos e assim dar início a retomada as atividades  (exceto  a Escola de Formação de Novos Líderes por já possuir uma formatação específica), sendo eles: ID Jovem, Microcrédito, Saúde Financeira da Juventude, Juventude Informada, Cursos de qualificação e Carretas do Conhecimento.

 

Como os municípios podem aderir?

Solicitar data para realização através do e-mail da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude. Para a realização: equipe para atendimento e cadastramento (de até 5 pessoas), mesas, cadeiras, computadores com conexão de internet (no mínimo 3).

 

Descrição do Projeto:

A ID Jovem é um documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, e a CPJ, através dos programas da Sejuf como o Paraná Cidadão e Feiras da Cidadania, realiza essa ação. Além dos benefícios já citados, a ID Jovem também isenta o portador do pagamento de inscrição em concursos públicos e vestibulares de universidades e institutos federais, bem como da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

Como os municípios podem aderir?

Através do projeto Mutirão Jovem presencialmente nos municípios, através da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude ou através do site - www.gov.br/mdh/pt-br/idjovem .

 

Descrição do Projeto:

Identificar novos líderes e estimular o desenvolvimento dos jovens é o intuito principal, visto que o(a) jovem precisa de um preparo para que tenha uma legítima participação social, de modo que passe a contribuir com a comunidade em que está inserido. Ainda, incentivar um jovem à liderança também contribui para sua formação profissional, pois ter uma percepção diferenciada que visualize novas possibilidades é um diferencial no mercado de trabalho. Tem como objetivo contribuir para que os jovens tenham conhecimento da importância do seu papel na sociedade, saindo da invisibilidade, formulando e expondo suas idéias críticas, orientando o entendimento da questão da juventude em sua diversidade, em oposição à sua homogeneização e buscando seu pleno exercício da cidadania, conhecendo seus direitos e deveres.  Além de também contribuir para o aperfeiçoamento pessoal, estimulando e preparando o(a) jovem para o ingresso e ascensão no mercado de trabalho, a descoberta de novas vocações, a visualização novas oportunidades de negócios, o melhor gerenciamento e a disciplina financeira, reforçando  a necessidade do protagonismo juvenil na sociedade e no mercado de trabalho no momento de pós pandemia.

Temas: Sociedade (definição de juventude; importância do protagonismo juvenil na comunidade, vocações regionais, juventude no espaço social); Políticas Públicas para a Juventude (Estatuto da Juventude, importância dos Conselhos Municipais da Juventude, projetos para a juventude, formação de novos líderes);Mercado de Trabalho (elaboração de currículos, comportamento em entrevistas de emprego, demanda e ofertas no mercado de trabalho, empreendedorismo, gerenciamento financeiro, vagas de emprego).

Adesão: Solicitação de agenda através do e-mail da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude. Para a realização: Espaço para a realização do projeto, equipe de apoio (até 3 pessoas), mesas, cadeiras, computador com conexão de internet e projetor de vídeo.

Como os municípios podem aderir?

Solicitação de agenda através do e-mail da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude. Para a realização: Espaço para a realização do projeto, equipe de apoio (até 3 pessoas), mesas, cadeiras, computador com conexão de internet e projetor de vídeo.

 

Descrição do Projeto:

Com uma proposta semelhante ao Dia do Primeiro Emprego, ou seja, uma ação em conjunto com o Departamento do Trabalho para que as Agências do Trabalhador sejam orientadas a atender prioritariamente jovens, o objetivo do projeto é oferecer um espaço na própria Agência para que as empresas possam realizar o processo seletivo de candidatos a oportunidades de emprego. A mobilização deve ser em todo território estadual com participação da sociedade, prefeituras, ONGs e outras organizações da sociedade civil, juntamente com o apoio do Conselho Estadual de Juventude do Paraná, estabelecendo assim um dia de cada mês, sendo ele a última quarta-feira do mês, destinado a estimular a inserção dos jovens no mercado de trabalho, bem como promover a descentralização das Agências do Trabalhador, visto que a ação pode acontecer em terminais de ônibus, praças ou pontos de maior fluxo na cidade.

Como os municípios podem aderir?

Solicitação de agenda através do e-mail da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude, em alinhamento com a Agência do Trabalhador do município.

Descrição do Projeto:

Em parceria com a Fomento Paraná, vão ser feitas linhas de crédito para jovens de 18 a 29 anos, de R$ 1.000 até R$ 20.000.

Como os municípios podem aderir?

Acesse www.fomento.pr.gov.br/microcredito para consultar condições de taxas de juros, prazos, limites e documentos e postar sua proposta de crédito online ou por meio de um agente de crédito na prefeitura da sua cidade.

 

 Últimas Notícias

 Conselho Estadual da Juventude
 


 Contato

paranajuventude@gmail.pr.gov.br

(41) 3210-2668