Adolescentes das Unidades Socioeducativas da Secretaria de Justiça participam do Exame Nacional do Ensino Médio
12/01/2022 - 09:58

No Paraná, 29 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas nos Centros de Socioeducação e Casas de Semiliberdade estão participando das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os jovens cumprem medidas socioeducativas nas Unidades de Cascavel II, Joana Miguel Richa (Curitiba), Laranjeiras do Sul, Ponta Grossa, São José dos Pinhais e Campo Mourão. De acordo com o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, viabilizar o acesso à educação para os socioeducandos contribui para o processo de ressocialização.

“A educação é uma ferramenta poderosa que promove transformações profundas na vida das pessoas. Aplicar o Enem nas Unidades Socioeducativas possibilita que os adolescentes tenham acesso a novas possibilidades de futuro”, afirma o secretário Ney Leprevost.

Para o chefe do Departamento de Socioeducação da Secretaria de Justiça, coronel Pancotti, “o Enem é um acesso a mais para os adolescentes chegarem ao ensino superior, além de contribuir no fortalecimento do processo de ressocialização”, avalia.

Adolescentes com ensino médio completo – Os adolescentes que possuem o ensino médio completo poderão utilizar o desempenho no Exame para acessar o ensino superior por meio de programas, como o Sistema de Seleção Unificada (SISU), no qual instituições públicas oferecem vagas, e, também, mediante Programas Governamentais de financiamento ou apoio ao estudante da educação superior.

Adolescentes que ainda não concluíram o ensino médio – Já os participantes que ainda não concluíram o ensino médio, considerados "treineiros”, poderão utilizar os seus resultados individuais para a autoavaliação de conhecimentos. Além disso, a pontuação no Exame poderá ser utilizada pelos candidatos como instrumento de acesso às vagas no mercado de trabalho, para os casos em que o desempenho no ENEM possa ser utilizado como critério de seleção.

A segunda etapa do Enem será aplicada no próximo domingo (16), com questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias. Na primeira etapa, realizada no último dia 9, os participantes responderam sobre as áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação, com o tema "Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil". 

As medidas sanitárias e de proteção contra a Covid-19 estão sendo tomadas em sua totalidade, como a higienização das salas antes da aplicação das provas, a manutenção do distanciamento entre os adolescentes participantes, uso de álcool em gel e máscara de proteção facial.

(Via assessoria de imprensa – Luana de Moraes).