Em Araucária, mais 11 municípios da Região Metropolitana aderem aos programas da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho
07/10/2021 - 15:10

Onze municípios da Região Metropolitana de Curitiba aderiram nesta quinta-feira (7) a programas da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho. O evento realizado em Araucária deu início ao novo “Programa de Municipalização Metropolitana”, que tem como objetivo aprofundar a integração da pasta com gestores e entidades municipais.

Participaram do evento gestores dos municípios de Araucária, representada pela vice-prefeita, Hilda Seima; Campo Largo, representado pelo diretor de Assistência Social, Clairton Tummeler; Campo Magro, representado pelo secretário de Indústria e Comércio, Giovani Dariva; Contenda, representada pelo prefeito Antonio Adamir Digner; Mandirituba, representado pelo vice-prefeito, Airton Cruz; Piên, representado pela secretária de Assistência Social, Regina Rudnick, Rio Negro, representado pelo prefeito James Valério e o deputado federal Reinhold Stephanes Júnior.

O programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa será implantado em Araucária, que aderiu também ao Nossa Gente Paraná, Fortis e Carreta do Conhecimento;

A Força-Tarefa Infância Segura teve a adesão de Balsa Nova, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Contenda, Lapa, Mandirituba, Quitandinha, Piên e Rio Negro;

O programa Carreta do Conhecimento adesão dos municípios: Balsa Nova, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Contenda, Mandirituba e Quitandinha.

E o município de Rio Negro terá também um posto avançado da Agência do Trabalhador.

“O governo está, cada vez mais, levando os serviços para mais perto dos municípios. As Prefeituras são parceiras nos programas que são voltados para as pessoas que mais precisam”, afirmou o secretário.

CARTÃO FUTURO AOS EMPRESÁRIOS – Em evento anterior, o secretário Ney Leprevost também apresentou, em reunião com empresários, o “Cartão Futuro”. O programa prevê um repasse de R$ 300 para cada jovem aprendiz, contratado pelas empresas, de até 21 anos, por 24 meses, e se o jovem for deficiente, o repasse de R$ 450. A gerente de gestão de pessoas da Imcopa, Andrezza Bittencourt, foi a primeira a aderir ao programa.

Participaram da apresentação as entidades: Associação dos Moradores de Araucária (Unamar), Ká Entre nòs – um Gesto de Solidariedade, Grupo Empar Vigilância e Limpeza, Imcopa Araucária, Senai, Petrobras, CIEE-PR, Associação Comercial de Araucária, Avança Araucária.

(Via assessoria de imprensa – Edson Fonseca)

Últimas Notícias