Formatura de menores em vulnerabilidade social no CIEE é prestigiada pelo secretário de Justiça Família e Trabalho do Paraná
01/12/2021 - 08:23

Sessenta jovens, menores aprendizes em condições de vulnerabilidade social, receberam na tarde desta terça-feira (30/11) seu diploma de formatura em áreas como administração, economia e telecomunicações no Centro de Formação Empresa-Escola (CIEE). Ney Leprevost, secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná (Sejuf) prestigiou o evento, realizado na sede da entidade no centro de Curitiba. Os novos formandos do CIEE são da Turma Luiz Antônio Leprevost.

Ao testemunhar a elevada autoestima espelhada no rosto dos jovens formandos, Ney Leprevost destacou o trabalho do CIEE na realização do sonho de pessoas que a partir de agora têm novas perspectivas de vida. Emocionado, agradeceu aos alunos por homenagear seu saudoso pai ao nomear sua turma. “Isso é muito gratificante. Com esses cursos de capacitação, o CIEE abre novos horizontes na vida desses jovens. Agora eles estão preparados para enfrentar os desafios do mercado do trabalho sem medo. Suas oportunidades passam a ser iguais àquelas que têm os demais jovens, não vulneráveis. É isso que faz com que o processo de inclusão social se efetive em nossa sociedade. Quero agradecer, de todo coração aos alunos por lembrar de meu pai com o nome da turma”, comentou – emocionado -, Ney Leprevost secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná.

HISTÓRIA DO CIEE - Iniciativa de um grupo de educadores e empresários preocupados com o descompasso entre a formação profissional e a capacitação do estudante para ingressar no mundo do trabalho, o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) foi fundado em 14 de agosto de 1967.

Entre os fundadores, destacam-se os ex-governadores Ney Braga, Pedro Viriato Parigot de Souza e Jayme Canet Júnior, Conselheiros Eméritos. Desde então, milhares de estudantes passaram pelo Programa de Estágio do CIEE/PR, ocupando hoje posições de destaque na magistratura, nos poderes legislativo e executivo, no empresariado, na sociedade paranaense em geral.

Vale ressaltar também a contribuição de várias entidades, como a Federação das Indústrias do Estado do Paraná, a Associação Comercial do Paraná, a Federação do Comércio do Estado do Paraná, Secretarias de Estado e Instituições de Ensino de Nível Médio e Superior.

INTEGRAÇÃO AO MERCADO DE TRABALHO - Há 54 anos, o CIEE/PR atua para promover a integração dos jovens ao mercado de trabalho. Por meio de programas de estágio e aprendizagem, cursos de capacitação e cidadania e programas sociais, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com 39 unidades operacionais distribuídas em todas as regiões do Paraná, o CIEE/PR tem uma média mensal de 22,5 mil estagiários e 4,5 mil aprendizes, e já recebeu cerca de 30 títulos de Utilidade Pública. Está registrado nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente em mais de 112 municípios e tem como um de seus propósitos trabalhar para fortalecer o desenvolvimento humano e social.

(Via assessoria de imprensa – Josias Lacour)