Governo destina R$ 42 milhões para ações voltadas à infância e aos idosos em 383 municípios
09/11/2022 - 11:19

O Governo do Paraná assinou nesta terça-feira (8) quatro liberações de recursos para as áreas da primeira infância e da pessoa idosa, além de anunciar a quinta fase do projeto Caixa D'água Boa. Ao todo, foram destinados R$ 42,075 milhões para 383 municípios. As ações estão sob a coordenação da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf).

A solenidade aconteceu durante a abertura do Seminário Internacional de Políticas de Enfrentamento à Vulnerabilidade Social, realizado no Canal da Música, em Curitiba. O evento é uma promoção da Unidade Técnica de Programas, Projetos e Benefícios da Sejuf, que coordena o programa Nossa Gente Paraná, que visa a superação da pobreza e o acompanhamento intersetorial das famílias em situação de vulnerabilidade. Atualmente são contempladas 31.450 famílias.

Durante o evento, que termina nesta quarta-feira (9), serão promovidas palestras e capacitações voltadas aos gestores municipais da área de assistência social. Todas as 750 vagas disponíveis no seminário foram preenchidas. Ao final do encontro serão entregues troféus e certificados do Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública do Programa Nossa Gente. O encontro também é uma oportunidade para os gestores tirarem dúvidas em relação ao uso do recurso disponível.

“Apenas um governo muito bem administrado, que utiliza seu orçamento de forma responsável, chega ao final do mandato e ainda tem recursos para atender as demandas da população”, destacou o vice-governador Darci Piana, que participou do anúncio. "E ainda estamos capacitando os gestores. É uma entrega fantástica para os nossos municípios".

Segundo Rogério Carboni, secretário da Sejuf, a atuação do Governo do Estado é mais importante quando realizada na ponta, próxima à população, com investimentos nos municípios. “É gratificante visitar o Interior do Paraná e ser testemunha da diferença que estas deliberações fazem no dia a dia da comunidade”, disse.

“Em nome de todos os municípios do Paraná queremos agradecer ao governador por atender as demandas colocadas pelos prefeitos”, afirmou Júnior Weiller, presidente da Associação de Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Jesuítas (Oeste). “Enquanto outros estados estão segurando os gastos para fechar as contas e pagar o 13º do funcionalismo, o Paraná está assinando convênios e liberando recursos para todas as áreas para todas as cidades paranaenses”.

PESSOA IDOSA – Para a área da pessoa idosa foram assinadas duas deliberações em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi-PR), que aportou, ao todo, R$ 10,375 milhões do Fundo Estadual dos Direitos do Idoso (Fipar).

Na primeira deliberação, são R$ 5,375 milhões destinados a 215 municípios, ou seja, R$ 25 mil por cidade, para a construção e aprimoramento dos Centros de Convivência da Pessoa Idosa municipais. Esses espaços ajudam a levar atendimento e dignidade à terceira idade.

Na segunda, são R$ 5 milhões para 151 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) de 124 cidades. Metade dos recursos será para investimentos, como compra de equipamentos e ampliação das vagas, e a outra para custeio e manutenção.

PRIMEIRA INFÂNCIA – Com o maior repasse anunciado durante o evento, a área da primeira infância (0 a 6 anos) será contemplada com R$ 29,7 milhões do Fundo Estadual da Infância e Adolescência (FIA-PR). 

O cofinanciamento atenderá 354 municípios. As administrações municipais poderão utilizar os repasses para o acompanhamento familiar, ações voltadas ao desenvolvimento integral e garantia dos direitos das crianças, além de capacitações das equipes técnicas municipais.

CAIXA D’ÁGUA BOA – Um dos eixos do programa Nossa Gente Paraná, o projeto Caixa D’Água Boa entra na sua quinta fase, e deve atender 2 mil famílias em 100 municípios, totalizando R$ 2 milhões destinados diretamente às famílias em vulnerabilidade social.

O projeto, realizado em parceria com a Sanepar e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), faz a entrega de caixas d’águas, kit de instalação e R$ 1 mil para cada família contemplada. Na soma das quatro fases anteriores, o projeto destinou R$ 5,5 milhões para 5,5 mil famílias em 145 municípios.

"Uma caixa d'água é um item simples, mas na sua ausência a família pode ficar privada de conforto, higiene, bem-estar. O projeto beneficia não só as famílias contempladas, mas toda a comunidade, pois evita que a rede de distribuição de água fique sobrecarregada", ressaltou Tamara Zazera, coordenadora da Unidade Técnica de Programas, Projetos e Benefícios da Sejuf, que coordena o programa Nossa Gente Paraná.