Governo prorroga campanha de arrecadação de donativos para famílias afetadas pelas chuvas
19/10/2022 - 15:27

Com a previsão de mais chuvas nas regiões Oeste e Sudoeste, a arrecadação de donativos, que teve início na última sexta-feira (14), foi prorrogada para até o dia 25 (terça-feira). Desde o início da semana passada, cidades no Interior registraram alagamentos e inundações. Até o momento, segundo boletim da Defesa Civil, 25,9 mil pessoas foram afetadas em todo o Estado.

Para doar é preciso se dirigir a um dos postos de arrecadação nas sedes do Corpo de Bombeiros ou da Brigada Comunitária nos municípios das regiões atingidas. A população pode contribuir com kits de higiene e material de limpeza. Colchões, lonas e roupas já estão sendo distribuídos por entidades assistenciais dos municípios.

A ação é uma iniciativa da Superintendência Geral de Ação Solidária do Paraná (SGAS), do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual. A primeira-dama e presidente do Conselho de Ação Solidária, Luciana Saito Massa, reforçou o pedido para a colaboração dos paranaenses.

“O Paraná é considerado o mais solidário do Brasil e precisamos, mais uma vez, honrar essa posição e ajudar quem tanto está sofrendo com as enchentes e os estragos causados pela chuva. Juntos vamos ajudar a diminuir o sofrimento dessas famílias”, afirmou.

A Defesa Civil Estadual, com o apoio do Simepar e de outras instituições do Estado, monitora das regiões e acompanha as ocorrências em todo o Paraná. O Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cegerd) está em contato com as equipes de emergência para verificar quais os locais mais afetados e que precisam de suporte rápido. As informações de monitoramento repassadas pelo Cegerd auxiliam na resposta das equipes locais.

DOAÇÕES — O Governo do Estado enviou na semana passada ajuda humanitária (colchões e kits de higiene) para a região Sudoeste. Para Francisco Beltrão, o Estado doou 251 colchões, 233 kits dormitórios, 15 de limpeza e 36 de higiene, além de 155 cobertores. Para Pato Branco foram enviados 50 colchões e 50 cobertores; para Dois Vizinhos, 100 colchões e 100 kits dormitórios e, ainda, 50 colchões, 50 kits dormitórios e 780 telhas para Verê.

NÚMEROS — Uma nova atualização da Defesa Civil desta quarta-feira (19) aponta que o número de municípios afetados subiu para 39. Há ainda 107 pessoas desalojadas e 80 desabrigadas. No total, foram 1.525 casas danificadas.

A cidade que teve o maior número de desalojados foi Francisco Beltrão (1.004), seguida de Dois Vizinhos (1.000), Verê (55), Renascença (32) e Bom Sucesso do Sul (24). O município com mais casas danificadas foi Francisco Beltrão (838), seguido de Dois Vizinhos (280) e Pato Branco (73). Até agora as chuvas resultaram em sete mortes.

Para doar é preciso se dirigir a um dos postos de arrecadação nas sedes do Corpo de Bombeiros ou da Brigada Comunitária no Sudoeste nos seguintes endereços:

Posto de Bombeiro Militar de Palmas (R. José Joaquim Bahls, 1.436)

Posto de Bombeiro Militar de Coronel Vivida (R. Clevelândia, 790)

Posto de Bombeiro Militar de Pato Branco (Rua Presidente Kennedy, 170)

Posto de Bombeiro Militar de Dois Vizinhos (R. Bento Munhoz da Rocha Neto, 145)

Posto de Bombeiro Militar de Capanema (Rodovia BR-308, Km 01, s/nº)

Postos da Brigada Comunitária em Clevelândia (R. Mal. Borman, 659-945)

Postos da Brigada Comunitária Chopinzinho (Av. Getúlio Vargas, 4680-4728)

Postos da Brigada Comunitária Ampere (Av. das Missões, 1470)

Postos da Brigada Comunitária Realeza (Tv. Quatro, 106-158)

Postos da Brigada Comunitária São Jorge do Oeste (Av. Iguaçu, 522-616)

Postos da Brigada Comunitária Salto do Lontra (R. Valdevino Brustolin, 597)

Postos da Brigada Comunitária Santo Antônio do Sudoeste (R. Dona Mariquinha, s /n)