Projeto ‘Fortalecendo Equipes’ chega nas unidades do Sistema Socioeducativo do Paraná da Secretaria de Justiça
27/01/2021 - 21:08

Os servidores que atuam no Sistema Socioeducativo do Paraná passam a receber neste ano as ações do projeto ‘Fortalecendo Equipes’ para o desenvolvimento de atividades que permitam a reflexão sobre o atendimento nas unidades socioeducativas, com o foco na integração dos servidores, no fortalecimento das relações dos profissionais e no aprimoramento da comunicação em todos os níveis com os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.  

O secretário da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost, reforça que o Paraná conta com um Sistema Socioeducativo que é referência no Brasil, e para continuar nessa linha é necessário sempre inovar e fortalecer as equipes. “O principal foco dessa atividade é fortalecer a qualidade do atendimento ao adolescente em cumprimento de medida socioeducativas. Buscamos sempre facilitar a integração dos profissionais da socioeducação e o desenvolvimento de suas competências, para que todo o processo de ressocialização aconteça”, disse o secretário.      

O projeto criado pelo Departamento de Atendimento Socioeducativo da Secretaria de Justiça terá a duração de 12 meses e foi apresentado ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca), que deliberou os recursos do Fundo da Infância e Adolescência (Fia), para contratação de empresa especializada.   

Para isso, foi criada a metodologia que tem por base desenvolver reflexões e discussões em grupo. Em alguns locais haverá necessidade da divisão da equipe em grupos menores para maior produtividade e eficácia durante o desenvolvimento deste trabalho. Estes encontros serão conduzidos por profissionais de empresa contratada, com especialização na área institucional, experiência em socioeducação e trabalhos em desenvolvimento de equipes.  

Segundo o chefe do Departamento de Atendimento Socioeducativo (Dease), David Antônio Pancotti, “os trabalhos buscam a prevenção da saúde mental dos servidores da socioeducação através do apoio e orientação psicológica para contribuir com o desenvolvimento de mecanismos de proteção da integridade mental”. 

A coordenadora da divisão de Saúde do Dease, Carla Navarro Lins, esclarece que “inicialmente serão contemplados os servidores das Unidades Socioeducativas de Curitiba e Região Metropolitana, Cascavel e Londrina e na sequência está prevista a ampliação do projeto para todas as unidades socioeducativas”. 

Obs: Fotos de arquivo registradas antes da pandemia do coronavírus.

(Via Assessoria de Imprensa – Luiz G. Mazza Neto).

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias