Secretaria de Justiça, Família e Trabalho lança Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Paraná
20/10/2021 - 17:30

Representantes das entidades dedicadas a pessoa com deficiência, lideranças da sociedade civil e atletas paralímpicos do Paraná estiveram presentes no lançamento da Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Paraná. O evento aconteceu nesta quarta-feira (20) no Salão de Atos do Palácio Iguaçu e foi idealizado pelo Departamento de Políticas para pessoa com Deficiência da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho.

Na ocasião, o secretário Ney Leprevost falou aos presentes sobre os avanços que os programas voltados ao respeito da pessoa com deficiência têm alcançado nas ações da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho durante a gestão do governo Ratinho Junior. Entre eles o passe livre, a carteira do autista, os mutirões de emprego direcionados as pessoas com deficiência e o cartão futuro.

Leprevost também ressaltou a importância da V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, pois dará subsídios para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a pessoa com deficiência no estado do Paraná.

O chefe do Departamento da Pessoa com Deficiência da Sejuf, Felipe Braga Côrtes, destacou que sua equipe tem a missão de fazer com que as pautas que estão sendo tratadas efetivamente não fiquem apenas no papel e ressaltou a importância dos Conselhos Municipais. “Temos um caminho enorme pela frente. Um deles, é o incentivo aos municípios para a criação dos Conselhos Municipais de Políticas para Pessoa com Deficiência”, disse Felipe Braga Côrtes.

V CONFERÊNCIA – A V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Paraná será realizada nos dias 14, 15 e 16 de dezembro de 2021 e será composta por quatro eixos temáticos. O Eixo 1, abordará as estratégias para manter e aprimorar o controle social assegurada à participação das pessoas com deficiência. O 2, tratará do acesso das pessoas com deficiência para a construção de políticas públicas. O 3 será sobre financiamento de Políticas Públicas para a pessoa com deficiência. No Eixo 4, a temática abordará a Acessibilidade e Tecnologia Assistiva.