Secretário Ney Leprevost participa de ação contra o feminicído
23/07/2021 - 14:20

Para marcar o Dia Estadual do Combate ao Feminicídio no Paraná, celebrado nesta quinta-feira, 22 de julho, o secretário Ney Leprevost, participou da campanha de conscientização contra esse crime no calçadão da Rua XV. O objetivo foi destacar a importância de denunciar qualquer violência contra as mulheres, seja ela física, psicológica, moral, sexual ou patrimonial e esclarecer as pessoas que toda e qualquer agressão deve ser combatida.

A ação foi realizada pelo Departamento de Garantia dos Direitos da Mulher da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, com a presença do “Ônibus Lilás”, posicionado na Praça Osório. Foram distribuídos materiais orientativos em defesa dos direitos da mulher, alertando contra todos os tipos de violência.

“É importante que toda a sociedade fique atenta e não aceite a violência contra a mulher. Seja violência física, emocional, sexual, patrimonial, moral ou psicológica. Nenhuma mulher a menos aqui no Paraná”, disse o secretário Ney reforçando a necessidade das pessoas denunciarem qualquer tipo de violência através do telefone 181 ou do 190.

Além do trabalho de divulgação à população no evento da Rua XV, a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, fez uma divulgação online de conscientização nas suas redes sociais.

“Viemos fazer uma conscientização de defesa dos direitos da mulher. Hoje é um dia que todas as ações deve ser voltada para esse tema. Chega de feminicídio, nenhuma mulher a menos”, disse Mara Sperandio, chefe do Departamento de Garantias do Direito da Mulher da Sejuf.

As campanhas de conscientização vão destacar a importância e a gravidade do tema, como: “A violência começa silenciosa e vai evoluindo de forma gradativa”, “Ao menor sinal de agressão, denuncie, para que não se torne um feminicídio”, “O amor constrói, o ódio destrói”.

“Gostei de ser atendida pelo Ônibus Lilás. Conversei com a psicóloga e com a advogada. Queria deixar um recado para todas as mulheres que sofrem com esses machões de cozinha, para que elas não desistam de procurar a Justiça e relatem o que elas passam, registrem queixa e não cruzem os braços para que no futuro tenham um final feliz”, disse Erenilda, comerciante do Sítio Cercado, que procurou o atendimento no Ônibus Lilás.

Participaram da ação a superintendente da Ação Solidária, Cristina Ricordi, que esteve representando a primeira-dama, Luciana Saito Massa, a profissional Luciana Burko Maciel, representando a Câmara da Mulher e a vice-governadoria e também representantes de várias entidades.

Lei sancionada pelo governador – O dia 22 de julho foi instituído como uma data especial para incentivar e unificar ações de prevenção à violência contra a mulher, através da Lei 19.873/2019, proposta pelo Governo do Estado,  aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

(Via Assessoria de Imprensa).