Secretário Ney Leprevost programa retomada do curso de smartphone para as pessoas idosas
08/07/2021 - 09:46

O secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, anunciou nesta quarta-feira (07) que a volta dos cursos básicos de smartphone para as pessoas idosas, integrante do projeto “60+ e daí”, está programada para setembro de 2021 ou até antes, assim que toda população com mais de 18 anos tiver tomado a primeira dose da vacina e houver a liberação pela Secretaria de Saúde.

“Ações como essa são importantes para democratização da tecnologia e também para ampliar o conhecimento dos idosos, facilitando o contato com familiares e amigos que podem participar de redes sociais como o Whatsapp, Facebook, YouTube e Instagran”, disse o secretário Ney Leprevost, afirmando que o smartphone é uma ferramenta fundamental para facilitar a vida de todos, independentemente da faixa etária.

No curso, que é ofertado de forma gratuita através de uma parceria do Departamento da Política para a Pessoa Idosa da Sejuf com a Celepar, os idosos aprendem a personalizar o celular, colocar ou trocar o papel de parede, aumentar o volume, o tamanho das letras, editar e excluir contatos e, claro, ler e responder as mensagens. Também fazem parte do aprendizado, a utilização das configurações do celular (data e hora, idioma, sons, papel de parede, tela de bloqueio e segurança, alarmes, acessibilidade, personalização de atalhos e contatos), fotografar, filmar, enviar filmagens, enviar fotos, localizar os arquivos gerados e excluir itens do celular.

Projeto 60 + e daí – Idealizado pelo Departamento da Política para a Pessoa Idosa, o projeto “60+ e daí” é destinado a grupos de pessoas idosas e famílias concentradas em locais não assistidos diretamente pelo poder público como igrejas e associações de moradores. “O projeto 60+ e daí? aproxima o Estado e a população idosa por meio de divulgação do Estatuto do Idoso e dos seus direitos. É um diálogo aberto, franco e didático que acontece nos locais onde as pessoas idosas se reúnem, como igrejas, centros de convivência, pastorais e outros. Para mais informações basta entrar em contato pelo e-mail 60edai@sejuf.pr.gov.br”, disse Adriana Oliveira, chefe do Departamento da Política para a Pessoa Idosa.

(Via assessoria de imprensa – Pedro Mariucci Neto)