Secretário de Justiça, Ney Leprevost, pede que Polícia Federal investigue ex-presidente de OSC por desvio de verba do PPCAAM
08/05/2021 - 14:37

O secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, enviou expediente ao diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Gustavo Maiurino, pedindo a investigação e a possível prisão, preventiva ou cautelar, do ex-presidente da Associação para a Vida e Solidariedade – Avis, entidade executora do Programa de Proteção de Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte – PPCAAM/PR.

No documento, Ney denuncia que foram efetuados dois saques vultosos de valores da conta corrente da entidade executora do programa. O primeiro no valor de R$ 300 mil reais em 19.03.2021 e o segundo no valor de R$ 280 mil reais em 23.03.2021. 

“Pessoas que desviam verbas de programas tocados por OSC’s não podem ficar impunes diante de atos tão graves”, afirma Ney.

(Via assessoria de imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Últimas Notícias