Politicas de Atendimento a Migrantes e refugiados do Paraná chamam a atenção de organismos internacionais
07/02/2020 - 12:25

Uma comitiva internacional formada pela agente da Cáritas da Suíça, Rebekka Reischmann, o coordenador para Respostas Rápidas da Agência para Ajuda Humanitária e Emergencial da União Europeia (ECHO), Roman Majcher, e a oficial de Programas do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Maria José Mazariegos, esteve no Paraná esta semana para conhecer o trabalho realizado no Estado junto a migrantes e refugiados.

Em Curitiba, eles visitaram o Centro Estadual de Informação para Migrantes, Refugiados e Apátridas do Paraná (Ceim), da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, e no escritório da Cáritas. O objetivo foi colaborar, estabelecer e financiar novas parcerias e projetos em ações de auxílio humanitário.

Os agentes foram recebidos pela coordenadora do Ceim, Ana Bela Batista, e pela presidente da Cáritas Curitiba, Márcia Terezinha Ponce. Segundo elas, a rede paranaense que atende migrantes e refugiados é bastante articulada, com importante participação da Sejuf e do Conselho Estadual dos Direitos dos Refugiados, Migrantes e Apátridas do Paraná (Cerma) na consolidação de políticas públicas.

A realidade constatada junto aos órgãos do Estado do Paraná que atendem migrantes e refugiados é bastante positiva. “Essa realidade é apresentada em forma de dados obtidos de relatórios e mapeamentos sobre o atendimento onde se constata que o Paraná é procurado por muitos migrantes para recomeçar a vida, sendo o quarto Estado brasileiro que mais recebe migrantes de todas as nacionalidades, sobretudo haitianos, venezuelanos e cubanos”, ressalta o secretário Ney Leprevost, reforçando o compromisso da gestão Ratinho Junior em qualificar os atendimentos para receber as famílias que vêm em busca de uma nova vida e de novas oportunidades.

Ceim - O Centro Estadual de Informação para Migrantes, Refugiados e Apátridas do Estado do Paraná (Ceim), da Sejuf, tem por objetivo oferecer informações, orientações e encaminhamentos a essa população sobre o acesso a serviços públicos federais, estaduais e municipais. Apenas em janeiro deste ano o Centro realizou 1. 037 atendimentos.

São atendimentos referentes a Antecedentes Criminais para o Visto e Trabalho, Aulas de Português, Autorização de Residência, Benefícios da Assistência Social, Cadastro de Pessoa Física (CPF), Cartão de Registro Nacional Migratório (CRNM), Carteira de Motorista, Carteira de Trabalho (CTPS), Creches e Escolas, Cursos Profissionalizantes Gratuitos, Elaboração de Currículo, Vagas de Trabalho, entre outros.

Cáritas  - A Cáritas, palavra que tem origem no latim e significa caridade, é uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário. Tem representação em 200 países e territórios. No Brasil, a Cáritas foi criada em 1956 como organismo de Pastoral Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e entidade de assistência social. Está presente em todas as regiões do país, através de 12 regionais e 170 Entidades Membro.

A criação da Cáritas Brasileira Regional Paraná foi em maio de 2009, em São José dos Pinhais, estando presente, também, em outras nove dioceses do Regional Sul II da CNBB: Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Apucarana, Maringá, Paranavaí, Umuarama, Foz do Iguaçu e Cascavel.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias